ALPHA NEWS

16 janeiro 2017 - 14:03
UFG publica edital para professor substituto

 

A Universidade Federal de Goiás publicou o edital para contratação de professor substituto. São 44 vagas distribuídas nas unidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Catalão, Jataí e Cidade de Goiás. Os salários variam entre R$ 2.637,08 a R$ 6.155,52. As vagas são para nível superior. A taxa de inscrição custa R$ 45. Mais informações no site: centrodeselecao.ufg.br

16 janeiro 2017 - 14:01
Projeto prevê botão do pânico para mulheres vítimas de violência doméstica

 

A Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) aprovou um projeto de lei que prevê que o governo ofereça um dispositivo eletrônico para que mulheres vítimas de violência doméstica acionem a Polícia Militar. O chamado botão do pânico já existe, mas agora a legislação quer que passe a ser um direito de toda mulher que sofre agressão. Só o ano passado, a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) encaminhou cerca de 1.200 pedidos de medidas protetivas ao Judiciário. O botão do pânico, vem com um GPS que fica ativado o tempo todo para que a central saiba onde está a vítima. Já o agressor é monitorado por tornozeleira eletrônica. O ano passado foram realizados 2.880 atendimentos a mulheres que possuem o dispositivo. O texto é de autoria do deputado Francisco Junior (PSD). Atualmente, 114 mulheres têm o aparelho e são acompanhadas pela central de monitoramento.

16 janeiro 2017 - 12:04
Homem destrói imagem de santos em igreja do RJ

 

Foto: Reprodução / TV Globo

Está preso no centro de Niterói, na região Metropolitana do Rio de Janeiro, Yames José Correia. Ele é acusado de invadir uma igreja e destruir imagens de santos. Segundo a polícia, ele aparece nas imagens do circuito interno da paróquia São João Batista, danificando as peças, algumas delas com mais de um metro de altura. O crime aconteceu no sábado. Segundo a polícia, Yames admitiu intolerância religiosa. Ele tentou fugir, mas foi detido por militares e levado à delegacia.

16 janeiro 2017 - 10:04
Mais de 34 mil fazem prova para PM em Goiás

Foto: Divulgação/SSPAP

 

Mais de 34 mil inscritos fizeram ontem o concurso público para soldado da Polícia Militar. Ao todo são 2.420 vagas em Goiás. As provas foram aplicadas em 12 cidades. Os candidatos passarão ainda por avaliações física, médica, psicológica, de vida pregressa e investigação social. No próximo dia 29 serão aplicadas as provas para o cargo de cadete da PM, que tem 6.992 inscritos para 80 vagas. Os salários variam de R$ 1,5 mil para soldado e R$ 5,4 mil para cadete.

16 janeiro 2017 - 10:02
Nova rebelião em Natal

 

Detentos do Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato, em Natal, estão rebelados desde a madrugada de hoje. Segundo o governo, a situação está controlada. Não há registro de fugas e não há informações sobre feridos. A cadeia pública não tem grades porque foram arrancadas pelos presos em rebeliões anteriores. Segundo o Conselho Nacional de Justiça mais de 600 detentos estão no local, com capacidade apenas para 166. Hoje, o Instituto Médico Legal (IML) começa a fazer a identificação dos 26 corpos de detentos mortos na penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte. A unidade, a maior do Estado, ficou parcialmente destruída após a rebelião do fim de semana. O motivo apontado pelo Estado seria briga entre facções. O tumulto que começou no sábado só foi controlado ontem. A penitenciária tem capacidade para 620 pessoas, mas abriga 1.150.

13 janeiro 2017 - 18:45
Governo de Minas decreta situação de emergência devido febre amarela

 

Foto: Imagem divulgação Fiocruz

O governo de Minas Gerais decretou hoje estado de emergência em áreas com surto de febre amarela. Ao todo 152 cidades no Estado estão em alerta. Em Minas 30 pessoas morreram com sintomas da doença neste ano. Desse total, 10 mortes são consideradas prováveis, já que os pacientes tiveram exame laboratorial preliminar positivo, segundo o governo. Com o decreto, Minas Gerais poderá tomar medidas administrativas de emergência dispensando licitação. Das 152 cidades, 21 apresentam casos notificados e prováveis de febre amarela. A doença é infecciosa, causada por um vírus, e pode levar à morte em uma semana se não for tratada rapidamente.

13 janeiro 2017 - 18:42
Presídios em Goiás operam quase 80% acima da capacidade

 

Foto: O Popular

Os presídios em Goiás operam quase 80% acima da sua capacidade. Segundo o governo, são 14.999 presos para apenas 8.339 vagas. A comissão de direitos humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO) diz que a situação das unidades goianas é caótica há anos e teme que ocorram chacinas como as registradas no norte do país. O Estado reconhece a superlotação e diz que este ano vai inaugurar novos presídios em Anápolis, Formosa, Águas Lindas e Novo Gama. Com isso espera a abertura de 1,2 mil vagas, mas não informou a data. Além das unidades prisionais, as delegacias do Estado enfrentam carceragem e superlotação. O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás (Sindepol) espera solução do problema para evitar a custódia desses presos, além de fugas e prejuízos ao atendimento à população.

13 janeiro 2017 - 18:41
Maioria dos municípios não paga piso salarial aos professores

 

Um levantamento do Ministério da Educação comprova que a maioria dos municípios brasileiros não paga o piso salarial aos professores. Apenas 2.533 dos 5.570 municípios do País declararam ao MEC pagar o valor. O levantamento foi feito entre setembro e novembro de 2016. Dos 26 estados, apenas 17 e o Distrito Federal confirmaram pagar o piso, entre eles Goiás. Nove deles não prestaram as informações ao MEC. Ontem o Ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou o reajuste de 7,64% para o piso salarial do professor. Passando de R$ 2.135,64 para R$ 2.298,80. O novo valor foi publicado hoje no Diário Oficial da União.

13 janeiro 2017 - 16:01
PF faz buscas em imóvel de ex-ministro de Temer

 

A polícia federal cumpriu hoje sete mandados de busca e apreensão em Salvador, São Paulo, Paraná e no Distrito Federal para apurar fraudes na Caixa Econômica Federal entre 2011 e 2013. Policiais fizeram buscas em endereços residências e comerciais. Um dos alvos da operação é o ex-ministro do PMDB, Geddel Vieira Lima. Ele foi vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa durante o período de investigação da PF. A polícia chegou até ele após encontrar troca de mensagens dele em um aparelho em desuso na residência do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Segundo as investigações, Geddel teria fornecido vantagens indevidas a grandes empresas junto ao banco. A PF informou que também são alvos da investigação: empresários, dirigentes do setor frigorífico, de concessionárias de administração de rodovias, de empreendimentos imobiliários e do mercado financeiro.


ACONTECEU

AO VIVO | CLIQUE E OUÇA!

Estilo em sintonia com você!