ALPHA NEWS

11 dezembro 2018 - 16:40
Justiça bloqueia bens e determina que site Tudo Sobre Todos fique fora do ar

O dono do site Tudo Sobre Todos, Charles Douglas da Silva, é alvo de uma decisão liminar que determina o bloqueio de R$ 2 milhões. O site oferece um serviço que custa R$ 30 e dá ao usuário o direito de consultar ou comprar dados pessoas de qualquer brasileiro. A relação inclui nome, endereço, CPF, data de nascimento, nomes de parentes, dados de empresas, perfis em redes sociais e até nomes de vizinhos. A Unidade Especial de Proteção de Dados e Inteligência Artificial, do Ministério Público do DF, entrou na Justiça com uma ação por danos morais coletivos. Além do bloqueio de R$ 2 milhões, a Justiça determinou também que o site seja retirado do ar. Foi definida multa diária por descumprimento que pode variar de R$ 1 mil a R$ 100 mil.

11 dezembro 2018 - 15:20
Enem é aplicado para pessoas privadas de liberdade

Hoje e amanhã o Ministério da Educação aplica provas do Enem para pessoas privadas de liberdade. Mais de 41 mil candidatos presos se inscreveram na edição deste ano. Nesta etapa também podem fazer as provas os candidatos que participaram do exame aplicado em novembro e que têm direito à reaplicação total ou parcial do Enem. Pouco mais de 2700 candidatos se encontram nessa situação.

11 dezembro 2018 - 13:00
MP-GO diz que vai ouvir denunciantes de João de Deus ainda nesta semana

O MP-GO disponibilizou ontem um e-mail para receber denúncias de abuso sexual contra o médium João de Deus. Em sete horas foram recebidas 40 acusações. De acordo com a força-tarefa montada para tratar os casos, todas as mulheres serão ouvidas ainda nesta semana. O promotor Luciano Miranda Meireles, que faz parte da força-tarefa, reforçou que os relatos e depoimentos serão mantidos em sigilo e que, por isso, não há motivos para o medo. Além do e-mail [email protected], o Ministério Público também atende pelo telefone 3243.8000.

11 dezembro 2018 - 11:00
Imóveis de Aécio e Paulinho da Força são alvos de mandados

Imóveis do senador Aécio Neves, da irmã dele, Andréa Neves, e do deputado federal Paulinho da Força estão sendo alvos de mandados de busca e apreensão nesta terça-feira. Os mandados têm ligação com uma operação que tem como base delações de Joesley Batista e Ricardo Saud. Segundo eles foram repassados mais de R$ 110 milhões a Aécio. Parte desse dinheiro teria sido repassado por Aécio para partidos em troca de apoio político nas eleições de 2014. Também estão sendo investigados os senadores Agripino Maia (DEM-RN) e Antonio Anastasia (PSDB-MG) e os deputados federais Benito da Gama (PTB-BA) e Cristiane Brasil (PTB-RJ). Os crimes investigados são corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

10 dezembro 2018 - 16:45
CNN divulga transição de áudio do assassinato de Jamal Khashoggi

A CNN divulgou o conteúdo de um áudio em que aparece a voz do jornalista Jamal Khashoggi pouco antes de desaparecer. De acordo com o canal de TV, Khashoggi diz que não estava conseguindo respirar. A transição do áudio também aponta que o jornalista lutou fisicamente com os prováveis assassinos e que foi esquartejado. Jamal Khashoggi despareceu depois de ser filmado entrando no consulado da Arábia Saudita, em Istambul, na Turquia. Para senadores dos Estados Unidos, o príncipe herdeiro da Arábia Saudita é o culpado pela morte do jornalista.

10 dezembro 2018 - 16:40
Mas Médicos abre inscrições para profissionais formados no exterior

Começa amanhã o período de inscrições para médicos formados no exterior e que tenham interesse em fazer parte do Mais Médicos. As inscrições se encerram na sexta-feira. Podem se inscrever brasileiros e estrangeiros que possuem CRM ou diploma de instituição de ensino superior de fora do país. De acordo com o levantamento mais recente divulgado pelo Ministério da Saúde, ainda restam 107 vagas disponíveis.

10 dezembro 2018 - 15:20
Prefeito de Niterói é preso suspeito de desviar R$ 10 milhões

O prefeito de Niterói, no Rio de Janeiro, foi preso. Rodrigo Neves é suspeito de cobrar e receber propina de empresas de ônibus. Estima-se que tenham sido desviados mais de R$ 10 milhões entre 2014 e 2018. A operação deflagrada hoje se chama Alameda e é um desdobramento da Lava Jato. As investigações tiveram como base a delação do ex-dirigente da Fetranspor Marcelo Traça. Também foram expedidos mandados de prisão contra outras três pessoas, além de 19 mandados de busca e apreensão.

10 dezembro 2018 - 13:00
Intervenção de RR é publicada no DOU

O Decreto de intervenção federal de Roraima foi publicado hoje no Diário Oficial da União. Mesmo com a medida publicada, todo o processo precisa do aval do Congresso Nacional. De acordo com o texto, a intervenção vai durar até o dia 31. A decisão foi tomada pelo presidente Michel Temer após reunião no sábado com o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional. Roraima enfrenta uma grave crise social provocada pela entrada de venezuelanos no estado e também uma crise no sistema prisional. O governador eleito Antônio Denarium (PSL) foi nomeado interventor.

10 dezembro 2018 - 11:00
Denúncias contra o médium João de Deus já passam de 200

Pelo menos 200 mulheres se dizem abusadas sexualmente pelo médium João de Deus. As denúncias vêm se multiplicando depois que o programa Conversa com Bial divulgou entrevistas com supostas vítimas. O programa foi ao ar na noite de sexta-feira. A coreógrafa holandesa Zahira Mous foi quem quebrou o silêncio e detalhou o que ela chama de um comportamento sistêmico do médium. Algumas mulheres citam agressividade e ameaças de morte. O Ministério Público de São Paulo vai montar uma força tarefa para apurar as denúncias. O Ministério Público de Goiás já investiga alguns casos. Aqui em Goiânia existem processos abertos com base em depoimentos de algumas vítimas. A conduta do médium pode se enquadrar como estupro, abuso sexual mediante fraude e abuso de vulnerável. O advogado de defesa de João de Deus, Alberto Toron, diz que o cliente nega as acusações.

6 dezembro 2018 - 18:45
Fusão da Boeing e Embraer é suspensa por liminar

A fusão da Boeing e da Embraer foi suspensa por uma liminar expedida pela 24ª vara cível federal de São Paulo. A Boeing e a Embraer querem formar uma nova empresa avaliada em US$ 4,75 bilhões. A Boeing teria 80% do negócio e a Embraer, 20%. A decisão da justiça tomou como base uma ação popular apresentada pelos deputados federais Paulo Pimenta (PT-RS) e Carlos Zaratini (PT-SP). O juiz que concedeu a liminar alegou que, por causa da posse de Jair Bolsonaro em janeiro, este não é o momento para atos que não possam ser revertidos futuramente.


ACONTECEU

AO VIVO | CLIQUE E OUÇA!

Estilo em sintonia com você!