ALPHA NEWS

5 abril 2019 - 16:40
Avianca tem voo cancelado por decisão judicial

A Avianca teve um voo cancelado ontem à noite por causa de uma decisão judicial. O voo seguiria de Brasília para Congonhas, em São Paulo, mas foi impedido de decolar porque a aeronave estava penhorada. A tripulação e os passageiros esperaram a decolagem por mais de uma hora, mas foram retirados do avião por oficiais de Justiça. A Avianca Brasil está em recuperação judicial desde dezembro do ano passado. A decisão liminar que impediu o voo atende a um pedido apresentado pelos credores da companhia aérea. Os passageiros foram acomodados em outro voo durante a madrugada com pouso em Guarulhos.

5 abril 2019 - 15:20
Operação Antídoto cumpre mandados de prisão

Um advogado e um ex-assistente de juiz da 3ª Vara Criminal de Goiânia foram presos por suspeita de participação em uma organização criminosa. Investigações da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado apontam que a organização vendia sentenças, fazia desaparecer autos processuais e falsificava a assinatura de servidores. O ex-assistente de juiz enviava ao advogado informações sigilosas sobre investigações que envolviam os líderes da organização. Os mandados de prisão foram cumpridos pela operação Antídoto.

5 abril 2019 - 13:00
Greve afeta cerca de 400 escolas estaduais de GO

Cerca de 400 escolas da rede estadual de ensino estão sendo afetadas pela greve dos servidores deflagrada no início da semana, o número equivale a 40% de todas as unidades espalhadas pelo estado. Aqui na capital 30 colégios estão com as aulas suspensas. Em Aparecida são 15 escolas. Segunda feira a categoria realiza uma assembleia para avaliar a paralisação. O governador Ronaldo Caiado pediu que a greve fosse suspensa. Os servidores reivindicam o pagamento da folha de dezembro, que não foi quitada para todas as faixas salariais, o pagamento do auxílio- alimentação retroativo a fevereiro e a quitação da folha de março, que, de acordo com a lei, pode ser realizada até o dia 10 de abril. A Secretaria da Economia afirmou que a folha de março será paga dentro do prazo legal.

5 abril 2019 - 11:00
Cachoeira tira tornozeleira eletrônica

Carlinhos Cachoeira não está mais sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. Agora o contraventor cumpre pena em regime aberto. Mesmo sem o monitoramento eletrônico, ele precisa permanecer em casa todos os dias das 20h às 5h, mas pode transitar durante o dia em Goiânia e em 16 cidades da região metropolitana. A retirada da tornozeleira foi justificada por ‘comportamento satisfatório’ por parte do condenado. Em 2012, Cachoeira foi condenado a 8 anos de prisão por corrupção e fraude em licitação da Loterj, a Loteria do Estado do Rio de Janeiro.

4 abril 2019 - 16:40
Prefeitura de Goiânia lança edital para contratação de pediatras

A prefeitura de Goiânia abriu hoje edital para contratação temporária de médicos pediatras. O número de profissionais selecionados vai depender da necessidade do município nas áreas de urgência e emergência. Os salários vão de R$ 11,6 mil a R$ 23,2 mil para contratos com duração de um ano. O anúncio da contratação de novos médicos foi feito após vereadores convocarem a secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué, para dar explicações sobre o atendimento na rede pública.

4 abril 2019 - 15:20
Bate-boca marca audiência da CCJ com a presença de Paulo Guedes

A audiência de ontem na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara com a presença do ministro da Economia Paulo Guedes precisou ser interrompida por causa do clima pesado entre o ministro e deputados da oposição. O deputado pelo PT-RS, Zeca Dirceu, fez críticas à proposta de reforma da previdência dizendo que o ministro age como um “tigrão” em relação aos aposentados, idosos e pessoas com deficiência, mas como “tchutchuca” em relação à “turma mais privilegiada do nosso país”. Paulo Guedes exigiu respeito do parlamentar. Em meio ao bate-boca, o presidente da CCJ, Felipe Francischini, interrompeu a sessão.

4 abril 2019 - 13:00
Criminosos explodem agências do interior de SP

Cerca de vinte e cinco criminosos fortemente armados explodiram duas agências bancárias e mantiveram uma família como refém na cidade de Guararema, que fica a 80 km da capital paulista. As agências invadidas são do Banco do Brasil e do Santander. A quadrilha já vinha sendo monitorada pelo MP-SP e pela polícia, que descobriram o plano de ataque às agências. Durante a ação, policiais do grupo de elite e a polícia local enfrentaram os bandidos. No confronto, 10 criminosos foram mortos. Alguns bandidos conseguiram fugir.

4 abril 2019 - 11:00
Nova fase da Operação Decantação é deflagrada

Mais uma fase da operação Decantação foi deflagrada. A operação investiga um esquema de corrupção na Saneago. Na fase de hoje estão sendo cumpridos três mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão aqui em Goiânia e em Inhumas. Na semana passada, endereços ligados ao ex-governador José Eliton foram alvos de mandados de busca e apreensão. Desta vez também são investigadas onze empresas que prestaram serviços à Saneago. Elas teriam participado do esquema de fraudes entre os anos de 2012 e 2018.

3 abril 2019 - 16:40
Flávio Bolsonaro publica post polêmico sobre o Hamas

O senador Flávio Bolsonaro reagiu a uma matéria na qual o Hamas criticou o presidente Jair Bolsonaro. O senador postou em uma rede social a foto da manchete da matéria e escreveu no post a frase ‘quero que vocês se explodam’, numa referência ao Hamas. O post foi apagado logo em seguida. O grupo islâmico Hamas, que controla a Faixa de Gaza, se posicionou na segunda-feira de forma crítica à visita de Bolsonaro a Israel. O Hamas também quer que a Organização de Cooperação Islâmica e organizações internacionais pressionem o governo brasileiro a desistir da abertura de um escritório em Jerusalém.

3 abril 2019 - 15:20
Procon-SP anuncia aplicação de multa à empresa Empiricus

O Procon de São Paulo vai multar a empresa Empiricus por publicidade enganosa. A propaganda da empresa mostra uma funcionária chamada Bettina, de apenas 22 anos, afirmando que acumulou patrimônio superior a R$ 1 milhão, depois de ter investido R$ 1.520 três anos atrás. A propaganda foi divulgada na internet. Para o Procon, a peça publicitária é capaz de induzir o consumidor ao erro porque dá a entender que há garantias de resultados de investimentos. A multa pode variar de R$ 650 a R$ 9 milhões.


ACONTECEU

AO VIVO | CLIQUE E OUÇA!

Estilo em sintonia com você!